8 regras para não ser chato no WhatsApp

Please log in or register to like posts.
News

8 regras para não ser chato no WhatsApp

Consultamos pessoas que abandoaram grupos para montar este guia rápido de etiqueta, confira as 8 regras para não ser chato no WhatsApp. Leia e repasse para dez pessoas essa lista agora mesmo –ou você corre o sério risco de continuar a ter dias perturbados pelo whats.

Dar “bom dia” todas as manhãs

Ver dezenas de notificações e descobrir que a maioria é um simples “bom dia” cansa. “Saí de vários grupos porque, quando ia ver se tinha algo interessante, havia 500 ‘bom dia’. Ninguém tem tempo para isso”, diz a advogada Beatriz Besel. “Parem de dar ‘bom dia’, ‘boa noite’, ‘boa chuva’, ‘bom sol’, de mandar flores? Não dá mais!”, implora Andrea Neris, designer (e especialista em abandonar grupos no whats).

Repassar correntes

Antes de encaminhar textos que prometem grana fácil, uma batedeira nova ou um ícone azul que confirma sua existência virtual, saiba que correntes só levam a um resultado: irritar a pessoa que compartilha o grupo com você. “Se é textão copiado e colado, já deleto sem ler. Nem se for de gente muito amiga”, conta a empreendedora Cylene Dias.

Compartilhar notícias falsas

“Atenção: o WhatsApp vai fechar!”. “Atenção: comer manga com leite mata!”. “Atenção: tsunami vai atingir São Paulo!”. Enviar mensagens sem checar a veracidade é péssimo. “Fico puto da vida quando repassam notícias falsas”, reclama o engenheiro Luiz Amaral. Pesquise antes compartilhar. Dica: os sites Boatos.org e E-farsas são boas opções para checar se uma notícia é real.

Mandar mensagem “quebrada”

Escreva a frase inteira antes de apertar o “enviar”. Você economiza no vaivém dos dedos e não irrita quem está lendo. “Não gosto de gente que fica mandando três mensagens quando poderia mandar uma, principalmente no grupo do trabalho. Será que não dá para escrever tudo junto para meu celular apitar só uma vez?”, pergunta a nutricionista Lia Nunes.

Gravar áudios e mais áudios

Ok, nem sempre é prático digitar no WhatsApp, mas pondere: se o assunto é longo, não valeria uma ligação? Se mesmo assim for a melhor opção, antes de tudo, pergunte se pode gravar um áudio longo para a pessoa. “Escrever dá mais trabalho, mas não importuna quem está em volta”, diz Beatriz.

Oferecer serviços ou vender produtos

Não, não é proibido. O problema é fazer isso em grupos que não têm esse propósito ou se a turma não tem tanta intimidade. “Cansa ler diariamente que fulano está vendendo tal produto e tem uma promoção bacanérrima para o Dia dos Pais”, diz Andrea sobre um dos motivos que a fizeram abandonar grupos de pais da escolinha do filho.

Desrespeitar a finalidade do grupo

Se um grupo tem uma finalidade, tem que respeitar. “Todo dia rolava uma briga que variava entre questões pessoais, discussão entre vizinhos, piadas fora de hora, correntes, vendedores. A ideia, que era informar sobre as coisas do condomínio, quase nunca acontecia”, conta Edu Mendes, designer, que desistiu do grupo de moradores do prédio.

Enviar vídeos e piadinhas o dia inteiro

Se o grupo é para isso, vá em frente, a zoeira não tem limites. Se não é a ideia e, principalmente, se reunir gente não tão próxima, controle a vontade de compartilhar piadinhas. “Meu conselho é não incomodar com tantos vídeos e imagens de piadinhas”, sugere a advogada Natasha Lemos.

Reactions

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *