A LG anunciou o LG G6 em uma coletiva de imprensa em Barcelona. O celular top de linha deixou de lado o problemático design modular do modelo anterior, o LG G5. Ele não comporta acessórios ou módulos. Por outro lado, ganhou resistência à água e poeira. Outro destaque está na tela de 5,7 polegadas, com resolução Quad HD+ e proporção de 18:9, o que resulta num poderoso widescreen. Segundo os sul-coreanos, a ideia é oferecer aos consumidores um smartphone com tela gigantesca, mas que caiba na mão ou no bolso.

A apresentação do novo smartphone top de linha da LG combinou aspectos de um talk show com um pouco daquele glamour e espetáculo que suas principais rivais já fazem há algum tempo em eventos isolados. O G6 foi apresentado ao público na manhã deste domingo, em Barcelona, na Espanha. O lançamento é o pontapé inicial do maior evento de mobilidade do ano, o Mobile World Congress.

O mote principal durante o lançamento do LG G6 foi: uma tela maior em um telefone que cabe na sua mão. Nós tivemos a oportunidade de experimentar a novidade e, realmente, a LG desta vez se preocupou bastante com o conforto do usuário. O que chamou nossa atenção foi a facilidade de usar o aparelho apenas com uma mão. O design minimalista também contribui para uma maior ergonomia na hora de manusear o smartphone.

O LG G6 é o ponto alto de uma série de smartphones potentes da LG que começou com o G2. O novo aparelho chega sacrificando os principais recursos de seu predecessor, dando mais foco nas reais necessidades dos usuários. Nós tivemos a oportunidade de testá-lo por alguns minutos, e neste artigo você confere nossas primeiras impressões sobre o novíssimo LG G6.

Com acabamento 100% em metal e vidro, o G6 se posiciona como um verdadeiro top de linha. A tela de 5,7 polegadas ocupa praticamente toda a parte frontal do aparelho. Uma das principais diferenças do G6 é sua proporção de tela de 18 por 9; um pouco mais comprida do que a maioria dos displays 16 por 9 dos outros celulares disponíveis no mercado. O legal dessa tela mais alta – se assim podemos dizer – é que fica mais prático usar funções multitarefas. A proporção 18 por 9 permite dividir a tela igualmente em dois quadrados. A resolução da tela de LED é de 2880 por 1440 pixels. Um pouco mais do que o Quad HD já oferecido em outros rivais top de linha e que também só é possível graças à nova proporção do display.

Como todo novo smartphone, uma das principais apostas da LG foi nas câmeras. O G6 têm duas câmeras de 13 megapixels na parte traseira. A primeira é um sensor associado a uma lente normal, com abertura f/1.8 – o que, diga-se de passagem – é extremamente claro para uma câmera de um smartphone. A segunda câmera, esta mais grande angular, tem abertura f/2.4. A lente grande angular permite fotos mais amplas e abertas. Já a outra lente, a mais clara, acaba sendo mais adequada para retratos e outros detalhes. Com a abertura f/1.8 ela também opera muito bem em condições de baixa luz e evita fotos tremidas ou granuladas. Um ponto que volta ao design é que as câmeras não ficam salientes para fora do aparelho. A câmera frontal – para selfies – tem 5 megapixels e um ângulo de até 100 graus de captura.

Fonte: Olhar Digital