O Samsung DeX foi apresentado pela Samsung durante o anúncio dos Galaxy S8 e Galaxy S8 Plus, na última quarta-feira (29). O aparelho transforma o smartphone em uma estação de trabalho. Ele é compatível somente com os novos celulares da marca e serve como um dock para ligá-los a um monitor e melhorar a produtividade do usuário. O lançamento do dispositivo será junto com os novos telefones, mas ainda não tem previsão de preço.

O Samsung DeX trabalha para transformar o sistema Android em uma plataforma desktop, com menus contextuais e janelas, como se fosse um PC. Assim, o usuário poderá conectar teclado e mouse via USB, Bluetooth ou radiofrequência. Já os monitores podem ser ligados por meio de cabo HMDI. O DeX também possui tecnologia AFC para recarregar o smartphone rapidamente, duas entradas USB 2.0, uma do tipo USB-C e outra Ethernet.

De acordo com o comunicado oficial no blog da Samsung, a fabricante estabeleceu parcerias com a Adobe e a Microsoft para que os aplicativos Acrobat Reader, Lightroom Mobile e Microsoft Office, respectivamente, sejam compatíveis com o Samsung DeX. Desta forma, o usuário poderá acessar interfaces e funcionalidades destes aplicativos como se estivesse usando um computador.

Samsung DeX cria um ambiente inovador de produtividade. É uma interface Android completamente redesenhada para ser usada com teclado e mouse, incluindo várias janelas redimensionáveis, menus contextuais e uma versão para computador. As parcerias com a Microsoft e a Adobe permitem que o Samsung DeX seja compatível com o Microsoft Office e com os aplicativos móveis da Adobe, incluindo o Adobe Acrobat Reader e o Lightroom Mobile, que trazem a funcionalidade de um computador e uma interface de usuário que ainda não estavam disponíveis para smartphone. Para profissionais e empresas que exigem acesso a aplicativos do sistema operacional Windows, o Samsung DeX também permite que usuários acessem de forma remota e segura desktops virtuais por meio de outros parceiros, incluindo Citrix, VMware e Amazon Web Services.

Para começar a trabalhar, os usuários devem apenas inserir o smartphone na DeX, que conecta o smartphone a um monitor compatível por meio de um cabo HDMI e se conecta a qualquer teclado e mouse compatível via Bluetooth, USB ou rádio-frequência.

O acessório tem preço previsto de 149,90 dólares.